Como retardar o envelhecimento através da alimentação funcional

Por mais que apreciemos a sabedoria que os anos nos dão, ninguém gosta dos sinais visíveis da passagem desses anos, tais como rugas e manchas. A boa notícia é que há uma maneira simples de abrandar e eventualmente reverter este processo de envelhecimento cutâneo. E o melhor: o processo em questão nem envolve muito dinheiro!

Criei o termo beleza funcional para mostrar, principalmente para as mulheres, a importância de incluir na rotina de alimentação diária os alimentos funcionais em destaque para que elas tenham uma pele com mais tônus e viço, cabelos e unhas com mais força e muita energia para aproveitar tudo o que mais gostam de fazer.

Se o corpo não recebe diariamente a quantidade suficiente de alimentos que promovam beleza, ele não produzirá novas células saudáveis da pele, da maneira que deveria.

Antes de falar sobre estes alimentos milagrosos, preciso definir o que é um alimento funcional.

Um alimento pode ser considerado funcional quando, além de nutrir, é capaz de beneficiar uma ou mais funções no corpo, melhorando sua saúde e bem-estar. Eles possuem compostos bioativos que os tornam potentes antioxidantes naturais, capazes de combater os temidos radicais livres. Estes, em excesso, inflamam as células, comprometem o bom funcionamento do organismo e aceleram o seu envelhecimento.

Portanto para ir na contramão do envelhecimento, tente comer mais desses alimentos que possuem ação anti-inflamatória:

  • Brócolis, espinafre, couve rúcula, agrião, escarola, alface, tomate, cenoura;
  • Frutas cítricas: morango, kiwi, uva, framboesas, mirtilos;
  • Lentilhas, feijões e proteínas animais magros, como peixes;
  • Aveia, batata doce, arroz integral e quinoa;
  • Azeite de oliva extra-virgem;
  • Oleaginosas: castanhas, nozes, amêndoas e avelãs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *