Como a atividade física ajuda a controlar a ansiedade

Por Fitness Brasil

A ansiedade é um assunto que vem sendo muito falado nos últimos tempos. Provavelmente você conhece alguém que lida com ela ou até mesmo você sofre com este mal. Junto com ela, surgem também outros problemas, como o risco de outros distúrbios psiquiátricos, depressão, além de contribuir para o surgimento de diabetes e problemas cardiovasculares. Um estudo ainda mais preocupante mostra que pessoas que sofrem com ansiedade tendem a ser mais sedentárias e a praticar formas menos intensas de atividade física.

Em um estudo publicado no blog da Faculdade de Medicina de Harvard, o psiquiatra John Ratey, que estuda os efeitos do exercício físico no cérebro, testemunhou de perto como o exercício afeta seus pacientes. Pesquisas mostram que exercícios aeróbicos são especialmente úteis para a ansiedade. Um simples passeio de bicicleta, uma aula de dança ou até mesmo uma caminhada rápida pode ser uma ferramenta poderosa. Atividades como essas também ajudam pessoas que se sentem nervosas e ansiosas antes de realizar uma prova, uma apresentação ou reunião importante.

Como o exercício ajuda a aliviar a ansiedade?

A prática de exercícios desvia a sua atenção do objeto da ansiedade, além de diminuir a tensão muscular. O aumento da frequência cardíaca altera a química do cérebro, aumentando a disponibilidade de importantes agentes anti-ansiedade.

O exercício ativa regiões frontais do cérebro responsáveis ​​pela função executiva, que ajudam a controlar a amígdala, nosso sistema de reação a ameaças reais ou imaginárias à nossa sobrevivência. A prática de exercícios com regularidade cria recursos que reforçam a resiliência contra emoções fortes.

Então, a dica é a seguinte: quando se trata de ansiedade, quanto mais exercício, melhor.

E não importa qual tipo de atividade você escolhe. Estudos apontam para a eficácia de todos, desde o tai chi chuan até o treinamento intervalado de alta intensidade. Aqui vão algumas dicas para maximizar os benefícios:

  • Escolha algo que você tenha prazer em fazer
  • Faça com que sua frequência cardíaca aumente
  • Exercite-se com um amigo ou em grupo
  • Se possível, exercite-se em meio a natureza ou em uma área verde, o que reduz ainda mais o estresse e a ansiedade

Use os sentimentos que não lhe fazem bem como motivação para fazer algo todos os dias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *