5 dicas para implantar um programa infantil na sua academia

Por Claudia Mendonça de Barros

Se você é proprietário ou gestor de uma academia e tem a intenção de ocupar as salas de aula nos horários ociosos dos períodos da manhã ou da tarde, com certeza já pensou em atender crianças. Esta ideia é ótima e representa uma oportunidade interessante para aumentar significativamente a sua base de alunos, principalmente se considerarmos a possibilidade de ampliar o alcance da sua venda, revertendo em matrículas também os pais e irmãos de cada criança.

Pensando nisso, resolvi escrever este artigo apresentando 5 dicas para direcionar as suas ações no atendimento ao público infantil.

Certifique-se de que as suas salas estão seguras

Segurança é um valor inegociável para os pais das crianças. Sabe aquelas barras ou anilhas que às vezes estão dispostas nos cantos das salas de ginástica? Pois é: você precisa repensar sobre esta organização. Toda criança gosta de explorar o ambiente em que se encontra. Esta é uma característica importante da infância porque o corpo é um instrumento de descoberta e aprendizagem. Portanto, o espaço deve ser seguro. Se a sua academia tem piscina, lembre-se que esta área deve estar inacessível quando não houver nenhum professor no local. Um portão trancado é uma boa alternativa.

Escolha modalidades com um grande número de professores

Embora existam diferenças regionais, as aulas consideradas “carro-chefe” de um programa infantil são as seguintes: natação infantil, dança (normalmente ballet), lutas (normalmente judô) e futebol. A vantagem destas modalidades é a facilidade para selecionar professores, uma vez que no mercado há um grande número de especialistas nestas áreas. À medida que o seu programa crescer, você pode diversificar um pouco mais este modelo e passar a oferecer outros tipos de aula, mas lembre-se de evitar atividades muito específicas que dificultam a substituição de profissionais em situações como: faltas, licenças ou rescisões.

Elabore um horário que facilite a rotina dos responsáveis pelas crianças

Ser responsável por uma criança não é uma tarefa fácil. A maior parte dos pais se desdobra em uma correria maluca para que sua vida pessoal e profissional seja compatível com a rotina de seus filhos. Este fato pode ser transformado em um excelente argumento de vendas se a grade horária da sua academia for atrativa. Há 2 regras importantes que você deve ter em mente na elaboração dos horários:

  1. Ofereça aos pais a possibilidade de conciliar as atividades de filhos com idades diferentes. Você pode reservar uma faixa de horário na academia com aulas exclusivas para o público infantil. Por exemplo, entre 14hs e 15hs, ao mesmo tempo que crianças com idade entre 3 e 6 anos participam de uma aula de judô, o grupo de 7 a 10 anos realiza uma aula de natação. Este tipo de estratégia ajuda a organizar o dia a dia dos responsáveis pelas crianças, além de facilitar as vendas casadas para 2 irmãos.
  2. Na organização das turmas, priorize a faixa etária ao invés do nível de aprendizagem. É possível conduzir uma aula com alunos de níveis técnicos diferentes, desde que o professor seja experiente e tenha um auxiliar (que pode ser um estagiário). Por outro lado, o atendimento fica muito comprometido quando os grupos são formados por alunos com idades muito distantes, porque a criança acessa as orientações do professor através da linguagem (corporal ou verbal) e há várias adaptações que devem ser feitas nessa comunicação, de acordo com a fase de desenvolvimento. Uma outra desvantagem de turmas organizadas por níveis de aprendizagem, é a obrigatoriedade de trocar o horário de um aluno sempre que houver uma mudança de nível. Se este novo horário for incompatível com a rotina dos responsáveis, você perderá o aluno que foi

Invista em treinamento da sua equipe

Pode parecer clichê, mas para ministrar aulas para crianças, é necessário entender sobre crianças. Cada fase da infância e da adolescência apresenta características muito específicas: a linguagem, as relações, as emoções, a inteligência, o entendimento sobre regras, o controle dos movimentos, as proporções corporais, a percepção sobre o próprio corpo e os parâmetros de aptidão física mudam ao longo da vida. A sua equipe de professores precisa conhecer estas variáveis para garantir a qualidade das aulas e conduzir seus alunos no percurso da aprendizagem. Portanto, invista no treinamento dos seus profissionais. A sua academia pode ser linda e com instalações modernas, mas a evasão do seu programa será enorme sem uma equipe capaz de realizar um trabalho sério e fundamentado.

Comunique com eficiência

A relação de confiança mútua com os responsáveis é imprescindível para garantir o sucesso do seu programa infantil. Como os pais não passam pela experiência da aula, sua percepção sobre o serviço da academia depende de uma boa comunicação. As informações que chegam através das crianças costumam apresentar muitos ruídos porque a capacidade de avaliar uma situação a partir de diferentes pontos de vista é consolida somente na fase adulta. Portanto, oriente sua equipe para atender os pais e sanar todas as dúvidas que eles trouxerem.

 

CLAUDIA MENDONÇA DE BARROS

Formada em Educação Física pela USP e pós-graduada pela USP e pela UNIFESP. Fundadora e palestrante da Movimento Mirim, empresa que oferece serviços de consultoria e cursos para profissionais de atividade física infantil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *